em Blog

Os anúncios responsivos deixaram de ser exclusividade da Rede de Display, passando a ser veiculado (em versão beta) na Rede de Pesquisa do Google Ads. O novo formato foi disponibilizado no final do ano passado e já tem feito sucesso entre os grandes anunciantes.

O formato na Rede de Display altera o layout dos anúncios para ajustá-lo aos sites, sendo combinados de acordo com as propriedades da tela do dispositivo do usuário. Isto significa que o mesmo anúncio é exibido em tamanhos e formatos diferentes, dependendo do site e tela do dispositivo do usuário.

Os anúncios responsivos da Rede de Pesquisa seguem basicamente a mesma lógica, possibilitando a criação de anúncios que se ajustam automaticamente para exibir mais textos com maior relevância para os clientes. Para que a plataforma consiga criar combinações diferentes, é necessário inserir vários títulos e descrições (máximo 15 títulos e 4 descrições) ao anúncio. Desta forma, mais variações serão criadas de forma automática, levando em consideração o contexto da busca do internauta. Os anúncios responsivos podem melhor o desempenho da campanha, pois adapta o conteúdo do seu anúncio para que ele corresponda melhor os termos de pesquisa dos seus clientes em potencial.

Por estarem em versão beta, os anúncios não estão disponíveis para todas as contas do Google Ads, como apresentado na imagem abaixo:

As principais vantagens dos Anúncios Responsivos da Rede da Pesquisa são:

  • Anúncios flexíveis que se adaptam de acordo com a largura dos dispositivos e oferecem mais espaço para compartilhar sua mensagem com clientes potenciais, aproveitando melhor o espaço do dispositivo;
  • Economia de tempo, afinal o Google Ads utiliza a sua automação para aprender quais anúncios tem melhor desempenho e mostrar combinações mais relevantes aos seu clientes;
  • Alcançar mais clientes em potenciais com a ampla capacidade de combinação de textos e descrições. O aumento das variações abre oportunidade para que os anúncios participem de mais leilões e correspondam a mais consultas;
  • Aumentar o desempenho da campanha já que os anúncios são exibidos em maior número de pesquisas e competem em mais leilões, aumentando o número de cliques e conversões que os atuais anúncios de pesquisa não capturam.

Os anúncios responsivos podem ser maiores do que os anúncios de textos tradicionais e, como sabemos, anúncios maiores chamam mais atenção. O Google Ads analisa a reação do usuário em relação ao anúncio responsivo apresentado, determinando quais são as variações que atraem mais atenção e cliques. Os anúncios com maior desempenho, consequentemente, passam a ser exibidos com maior frequência.

Podemos considerar que os anúncios responsivos da Rede de Pesquisa são como um teste A/B. Neste caso a automação constrói as variações e analisa os resultados. As mesmas métricas de desempenho apresentadas aos outros anúncios, também são exibidas para os anúncios responsivos na página “Anúncios e extensões”. As estáticas mostram os valores inseridos referentes às combinações que foram exibidas usando os títulos e descrições apresentadas para cada anúncio de pesquisa responsivo.

Além disso,  é possível controlar onde os títulos e descrições individuais apareçam nos anúncios, fixando-os em posições específicas.

E por último, mas não menos importante, convém destacar que não é conveniente criar títulos e descrições genéricos e/ou utilizando frases repetidas ou parecidas, pois prejudicará a capacidade da ferramenta de automação em gerar anúncios eficientes para os seus clientes potenciais.

Você tem um negócio e deseja gerar conversões online? Fale com a gente, temos uma equipe eficiente para planejar, monitorar e gerar resultados através do Google Ads e outras plataformas de anúncios online.

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

%d blogueiros gostam disto: